“Heeee he já chegou Djovana...” Quem quando lança os olhos para o estilo de Hip Hop em Moçambique sobretudo na cidade da Beira no longínquo ano 1997 para cá,não se lembra dessa musica que muito catapultou o agrupamento das bandas do chiveve,o Djovana.Dentro desse agrupamento havia uma voz feminina que brilhava,é da Big Baby (Nilsa).

Nilsa vive actualmente na Suíça há 17 anos e acaba de lançar o seu 4 álbum a solo entitulado “Salada moçambicana “.Neste álbum ela trabalhou intensamente com os Grooves e ritmos tradicionais da sua terra natal.Moçambique,rico culturalmente e com diversidade rítmicas.No centro predomina o estilo Utsi e Mandoa,no sul sobressai a Marrabenta e Ngalanga,no norte há ritmos calmos com influência árabe,esse tipo de música vem acompanhado por uma dança tradicional chamada Tufo,esses ritmos fazem-se sentir no novo álbum que vale a pena ouvir.Nesse trabalho ela procura estar perto das suas raízes não só com o ritmos da Beira mais sim com o Moçambique,por isso o nome “Salada moçambicana “
O foco da sua inspiração está ligado a Moçambique,os problemas que predominam como o caso do desemprego,a juventude talentosa,cheia de vida,inteligente mais estão parados sem nenhuma perspectiva da vida”Isakele”(nr.6)
Fala dos valores culturais que a geração antiga deveria continuar a divulgar os abitos e custumes para nova geração,fazendo com que isso não fica esquecido.”Vunza”(nr.11)
Ela interpreta as suas músicas em Português,Sena,Espanhol,Inglês.

Nilsa nasceu e cresceu na cidade da Beira juntamente com a sua mãe e 7 irmão.
O interesse pela música e dança começou cedo.Ela costumava a tocar,dançar cantar com os seus irmãos no quintal da casa usando instrumentos feitos por eles.Aos 14 anos de idade participa pela primeira vez num concurso musical onde foi merecedora do primeiro prémio;desde então tudo mudou;ela ganhou o gosto pelo palco.
Aos 16 anos de idade foi convidada a fazer parte do agrupamento Djovana(Nilsa,Helio,Remigio,Municua) projeto esse criado por dois suíços (Marcel Rutschmann e Markus Keusen)cujo o objetivo era formar uma banda e fazer um intercâmbio cultural e musical internacionalmente.grovou-se um CD “já chegou Djovana “ e realizou-se digressões na Suíça,África do Sul e Alemanha com muito sucesso.
Aos 21 anos de idade ela muda de residência para Suíça onde estuda música na escola de jazz em Bern e inicia a sua carreira a solo.
Juntamente com o seu esposo Rolf Mosele (guitarrista)formam uma banda que é composta por 5 elementos.

Álbum

Nilsa já gravou 4 álbuns.
“Mamã “2005
“Aphale”210
“Eu sou de cor”2012
“Salada moçambicana “2018

No seu primeiro álbum a solo “mamã “tem muita presença do Rap,com uma mistura do Afropop,Reggae,Ragga.
Nos álbum seguinte a Rapista foi se transformando mais e mais em cantora e compositora visto que ela estuda canto e aprende a tocar instrumentos como a guitarra e percussão,hoje se pode dizer que ela é uma verdadeira e autêntica artista que canta e encanta nos seus cantos que começam de balada e acaba num entretenimento energético do apogeu da dança.


Concertos e participação de músicos convidados.

Nilsa e sua Banda tem indo realizando vários concertos na Suíça e Alemanha,eles têm tocado nos lugares como Moods em Zurique,Proger em Bern,Mühle Hunziker,festival de jazz em Montreux,festival kenaku em Berlim entre outros.
Ela conseguiu fazer o seu nome na cena musical com o seu estilo idiossincrático e energético.Ela encanta o público e faz até os ossos mais tímidos dançarem,e dessa maneira conseguiu convencer vários bons músicos a terem participação nos seus concertos ao vivo e a participarem nas gravações dos seus álbum.
Grandes músicos como Freda Goodlett (funk Brotherhood)Steff la Cheffe,Mr.Arsen,René Mosele,Greis,Dabu Fantastic,Famara,Chica Torpedo,JJs Hausband,Grand Mother’s funck,também com estrelas internacionais como Dobet Gnahoré,Georg Grunz,Eric Wainaina,Akil The MC(Jurassic 5).

Actualidade

Neste momento a Nilsa encontra-se em promoção do seu novo Álbum.